Acesso a Intranet

Artigos

Fatores que afetam a recria no período da seca

O peso dos bezerros ao nascer reflete as características genéticas do feto e o ambiente materno durante a gestação. Representa uma forma indireta de avaliar o crescimento pré-natal.
Alguns pesquisadores mostram que bezerros que ganham mais pesos durante o período de aleitamento, também ganham mais peso nos períodos posteriores.
O crescimento ate a desmama tem especial importância, porque nessa fase o bezerro apresenta a mais alta taxa de incremento de peso em toda sua vida, alcançando em 7 meses de 25 a 30% do peso vivo na época do abate enquanto que para completar o restante do peso, necessita em torno de 30 meses.
O perfeito desenvolvimento de um animal durante sua vida, depende de um ciclo no qual fator afeta diversas fases estão inter-relacionados:
O grupo racial, individualidade, sexo, cruzamento de raças e os de manejo como: meio ambiente nível nutricional, estação ou mês de nascimento, época da desmama, controle sanitário, habilidade materna, idade da vaca. Sò a produção leiteira e responsável por 66% das variações do peso por ocasião da desmama.
A desmama precoce dos bezerros de corte traz como benefícios imediatos a eficiência reprodutiva das vacas e dos rebanhos. O ano e o mês de nascimento representa duas influencias indiretas que podem alterar o crescimento dos bezerros, embora seja fatores controlados pelo pecuarista que podem interferir na estação de monta, época do nascimento e na alimentação complementar dos bezerros das vacas.

A pesagem ao nascimento, a desmama, aos 18 meses e ao abate, quantificam os efeitos dos sistemas de manejo empregados nos rebanhos, e determinam se a produção media esta progredindo podendo levar dados para estimar parâmetros, como: 

•Méritos genéticos dos touros utilizados,
•Melhorias de manejo, e nutrição,
•Eliminação de vacas que desmamam os bezerros mais leves,
•Eliminação das vacas deficientes na reprodução,
•Eleição de tourinhos soberana para serem utilizados na reprodução,
•Escolha de novilhas que devem integrar o plantel.

As medições de caracteres de crescimento pòs-desmama para efeito de seleção devem ser feitos preferencialmente com tertes de performance ou provas de ganho de peso.

A recria se da com a observação da alteração do peso corporal após a desmama.

O desempenho na recria baseia-se principalmente no peso dos animais.

Deve-se aliar a pesagem para efeito de seleção, o fenótipo (exterior) do animal:

•Ausência de gordura excessiva,
•Desenvolvimento muscular,
•Tamanho do esqueleto,
•Estrutura óssea e aprumos,
•Características raciais e sexuais,

A recria no período das secas atualmente, e considerada, um dos processos mais importantes na produção animal porque influencia todos os processos explorados pelos produtores como reprodução, engorda, lactação, desenvolvimento corporal e, sobretudo tudo resultado econômico atingido.
Se considerarmos o valor 100% para as necessidades de nutrientes do animal de 200kg as exigências dos demais ficam sempre maiores.
Para ganhar 1,0kg de carne por dia o animal de 200kg de peso necessita de engerir 5,6kg (100%) de matéria seca, os animais de 400 a 500  precisarão respectivamente de 9,3kg (166%) e 11,0kg (196%) de matéria seca para manterem o mesmo ganho de peso.
Concluímos então que o período de recria e o que temos que dar mais atenção e no qual os investimentos têm maior retorno. O controle de produção, e útil, traz benefícios econômicos e ajuda no melhoramento genético no rebanho de corte, a media e em longo prazo.

Identificação e manejo:

Os produtores devem identificar todos os animais através de:

•Números, brincos, tatuagem ou através da rastreabilidade.
•Manter registros das coberturas ou inseminações e nascimentos.
•Possuir na fazenda balança e instalações adequadas.
•O manejo, a sanidade e a alimentação devem ser uniformes com propagandas para todos os animais.

A carne bovina no Brasil em quase sua totalidade é produzida por unidades individuais de fazenda e por empresas particulares e independentes. Mudanças e decisões de modificações no ambiente, manejo, genética cruzamentos, são tomadas isoladamente dentro destas unidades de produção. O desempenho dos sistemas de criação, ganhos genéticos, melhoria de taxa de desfrute é uma media dos ganhos obtidos em cada unidade.

Waldson Costa
Médico Veterinário
Nutroeste Nutrição Animal

CLIQUE AQUI PARA VER FLUXOGRAMA
CLIQUE AQUI PARA VER FLUXOGRAMA

 

« voltar