Acesso a Intranet

Notícias

Brasil mantém alto índice de vacinação contra a febre aftosa

 

O país vem apresentando um ótimo desempenho na luta contra a febre aftosa. Além da ampliação e manutenção das zonas livres da doença, segundo dados da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SDA/Mapa), o índice de imunização do rebanho brasileiro alcançou 97,5% no ano passando, superando o resultado de 2012, de 97,3%.

Todos os estados brasileiros conseguiram executar as etapas de vacinação previstas para 2013, não havendo qualquer cancelamento, como ocorreu em 2012 por causa de fortes estiagens no Nordeste. Os estados de Goiás, Tocantins e Mato Grosso se destacaram com índices maiores que 99% em todas suas etapas.

Entretanto, os estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro, que compõem a Zona Livre de Febre Aftosa, obtiveram resultados menores que 90%, portanto abaixo do esperado. Para este ano, o Mapa dará maior atenção a estas Unidades da Federação, bem como ao Amazonas, Amapá e Roraima, que compõem a zona não livre da enfermidade, para que melhorem seus índices de vacinação e contribuam com a proteção imunitária do rebanho nacional.

Atualmente, o Brasil reconhece como zona livre de febre aftosa com vacinação áreas de 22 estados (sendo sete do Nordeste e o Pará apenas em 2013) e o Distrito Federal. A campanha e todo trabalho realizado pelo governo são fundamentais para impedir a reintrodução da doença no território. Santa Catarina é a única Unidade da Federação classificada como zona livre de aftosa sem vacinação.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

 

« voltar