Acesso a Intranet

Notícias

MS: Surto da mosca-de-estábulo assusta produtores rurais

 

Produtores rurais de Fátima do Sul (MS) estão preocupados com o proliferamento da mosca-de-estábulo na região. O inseto suga o sangue dos animais como cavalos, cachorros e gado, causando-lhes feridas nas orelhas e transmitindo doenças.

Segundo o portal Em Foco MS, vários produtores da região estão tendo prejuízos com os ataques. É o caso de Nivaldo do Nascimento Lopes, que tem seis hectares. Ele disse que há 20 anos está trabalhando em sua propriedade e nunca teve um problema semelhante. Nivaldo relatou que não estava conseguindo nem fazer a ordenha da vaca, por causa da grande infestação das moscas.

Isso ocorre porque na região de Fátima do Sul possui várias usinas de açúcar e álcool. O lançamento de vinhoto na lavoura gera um substrato favorável à proliferação da mosca-de-estábulo, que agora se reproduz sem controle.

A Câmara de Vereadores do município promoveu este mês debates sobre a questão, inclusive levantando a possibilidade da criação de uma lei que delimita as áreas de plantio da cana-de-açúcar no município.

Segundo o Vereador Luiz Cordeiro, que acompanha a questão, está marcada uma audiência com a promotoria informar a situação e debater possíveis medidas a serem tomadas. Ele disse que o problema pode ser resolvido pelos proprietários das usinas, com um sistema de tratamento de vinhoto que, segundo ele, foi realizado com sucesso pela usina de Sonora.

Correio do Estado
Autor: Gabriel Mayomone

 

« voltar